Brasília – A Receita Federal contabilizou, até as 17h45, pouco mais de 10.200 declarações de Imposto de Renda enviadas pela internet. A previsão do supervisor nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir, é que até a meia-noite entre 25 mil e 30 mil contribuintes façam a declaração, neste primeiro dia do prazo de entrega.

"Considerando que o início do prazo foi às 14 horas e que a população está voltando de um feriado prolongado, trata-se de um bom número", avaliou Adir. De acordo com o supervisor, "os computadores da Receita trabalharam com folga" na tarde de hoje e não foi registrado problema de congestionamento.

A primeira hora, contou, foi dedicada ao preenchimento da declaração. Entre as 15h30 e as 16h20, o envio foi feito por 3.590 contribuintes. Segundo Adir, algumas pessoas encontraram dificuldade na navegação, mas por problemas no provedor de acesso e não no sistema do governo.

A estimativa é de que até o final do prazo, no dia 28 de abril, 22 milhões de pessoas tenham declarado o Imposto de Renda. Para a restituição, é dada prioridade por ordem de envio da declaração e aos mais idosos.

Está obrigado a declarar quem recebeu acima de R$ 13.968 em 2005; quem teve rendimentos não-tributáveis acima de R$ 40 mil; e quem possuía patrimônio de R$ 80 mil ou mais até o dia 31 de dezembro de 2005.

A declaração pode ser feita no site www.receita.fazenda.gov.br; por disquete, nas agências do Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal; ou em formulários, nas agências dos Correios. Neste ano, o número do Receita Fone (0300-780300) será utilizado apenas para esclarecer dúvidas e não para entrega da declaração.