Curitiba ganhará mais 200 quilômetros de ruas asfaltadas até o fim deste ano. A meta da Prefeitura foi revisada para cima – de 150 km para 200 km – depois da entrada em funcionamento nas ruas da cidade de uma nova máquina recicladora de asfalto. A máquina comprada pela Prefeitura começou a trabalhar, na semana passada, na rua José Osires Baglioli, no Xaxim, e chamou a atenção dos moradores. “Agora está ficando bonito, coisa chique”, disse a dona de casa Sandra Soares. Outro morador que aprovou o equipamento foi o mecânico Nelson Silva: “A obra deixará tudo bonito e mais seguro para as crianças que saem das escolas”. A previsão da Secretaria Municipal de Obras Públicas é de que o equipamento faça em cinco dias o trabalho de implantação da base do pavimento, que normalmente demora três meses. O equipamento retira o asfalto velho, tritura, mistura com cimento e devolve para a mesma rua, como base para a nova pavimentação. Assim, diminui o impacto ambiental.

Curitiba é única capital com máquina

Curitiba é a única capital brasileira com recicladora de asfalto. O Modelo T-Rex RS 425c é usado para grandes obras em rodovias. “O uso na malha urbana é garantia da durabilidade, pois em rodovias o volume de trânsito e o peso dos veículos são muito maiores”, explica o secretário municipal de Obras Públicas, Mario Tookuni. A recicladora será usada nas ruas com antipó que, com asfalto, ganham vida útil de mais de 10 anos.