O prefeito Beto Richa anunciou nesta sexta-feira a data de inauguração da sede da Administração Regional da CIC. A estrutura de serviços municipais começará a operar em 29 de Março, dia do aniversário de Curitiba. "Estamos cumprindo um importante compromisso de campanha, que é o de trazer os serviços da Prefeitura para esta região", disse Richa, durante visita à CIC.

O prefeito, junto com vice, Luciano Ducci, e o administrador regional da CIC, José Dirceu de Matos, vistoriou o prédio que abrigará a Administração Regional, provisoriamente, até que fique pronta a Rua da Cidadania da CIC. Essa estrutura, sede definitiva da nova regional, poderá ser construída em terreno de 30 mil metros quadrados, pertencente à Prefeitura. Richa vistoriou a área e a considerou bastante adequada.

Tanto o prédio da sede provisória, como o terreno onde poderá ser implantada a Rua da Cidadania localizam-se no centro de serviços da Cidade Industrial, junto às agências bancárias, ao Hotel Mabu e à sede da Associação das Empresas da Cidade Industrial de Curitiba (AECIC).

A Cidade Industrial de Curitiba é um reduto de forte geração de tributos. As empresas ali instaladas são responsáveis por 25% do ICMS industrial do Paraná. O prefeito lembrou que na região da CIC estão também os maiores e mais graves problemas sociais de Curitiba. "Essa condição nos sensibilizou. Com a nova administração regional, os moradores ganharão uma Rua da Cidadania, com todos os serviços da Prefeitura. Será um avanço, uma benfeitoria que vai melhorar a qualidade de vida das pessoas", afirmou Richa.

O prédio da sede provisória tem 1.500 metros quadrados e abrigará a Administração Regional e os núcleos das secretarias municipais que prestam serviços diretos ao público, como Saúde, Educação, Urbanismo, Finanças, Abastecimento, Fundação de Ação Social. "A presença efetiva da Prefeitura vai agilizar e ampliar os serviços aos moradores", afirmou o administrador Dirceu de Matos.

Segundo ele, a área de abrangência da nova administração regional está sendo definida, com exatidão, pelo IPPUC. Já está acertado que o bairro CIC será plenamente abrangido. "Acredito que a nova regional estará atendendo uma área com cerca de 150 mil habitantes", disse Dirceu de Matos.

A parceria com as empresas e com entidades como a AECIC, será uma das principais linhas de ação da administração. "É através de parcerias que pretendemos encaminhar solução a um dos mais graves problemas da região, que é a falta de segurança", explicou o administrador regional. "A presença do poder público dará mais credibilidade às ações para enfrentamento deste problema", afirmou.

A nova administração também dará mais eficiência aos trabalhos de implantação e manutenção da malha viária da CIC, que é outra forte reclamação das empresas. Questões ambientais, como drenagem e dragagem de rios, estão entre os problemas identificados pela nova administração.

"O prefeito Beto Richa demonstrou muita sensibilidade ao perceber a importância de se criar uma regional para atender a Cidade Industrial. Esta é a primeira vez que o poder público dá uma contrapartida efetiva à contribuição que as empresas fazem à cidade, através da geração de tributos, e uma resposta firme aos problemas sociais aqui existentes", afirmou Dirceu Matos.