Brasília – O deputado Chico Alencar (PSol-RJ) deve apresentar hoje (17) no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara o relatório do processo contra o deputado Wanderval Santos (PL-SP). Se não houver pedido de vistas, o documento pode ser votado ainda hoje. Caso contrário, serão necessárias duas sessões para que ocorra a votação.

Santos foi citado no relatório parcial das Comissões Parlamentares de Inquérito dos Correios e da Compra de Votos (esta já encerrada) porque seu motorista, Célio Siqueiro, aparece como sacador de R$ 150 mil das contas do empresário Marcos Valério. Em sua defesa, o deputado afirma que o saque foi feito sem seu conhecimento, a mando do ex-deputado Carlos Rodrigues, que renunciou ao mandato.

Com informações da Agência Câmara.