A entrega e a leitura do relatório final da reforma tributária estão previstas para segunda-feira que vem, às 20h, na Comissão Especial que trata do tema. A votação da matéria está prevista para quinta-feira, dia 21.

A expectativa é que os dois turnos de votação na Câmara e no Senado sejam concluídos até o dia 30 de setembro, prazo máximo para que seja cumprida a noventena da prorrogação da CPMF, que, pela proposta, vai se transformar, a partir do ano que vem, em contribuição permanente, com alíquota máxima de 0,38%. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)