São Paulo – O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), convocou para amanhã (16) uma reunião de líderes para discutir a formação de uma comissão de emergência, de três senadores, para sistematizar as propostas em tramitação sobre segurança pública. A idéia de Renan é fazer um esforço concentrado para votar o mais rapidamente possível novas leis para combater a violência e a criminalidade, como ocorre agora em São Paulo.

Uma delas é a proposta de emenda constitucional, de autoria do próprio Renan, vinculando recursos orçamentários para a área de segurança pública, no período de cinco anos.