O presidente do Senado, Renan Calheiros, deve se reunir hoje (17) de manhã com líderes partidários da Casa para discutir um acordo que permita a votação das matérias que trancam a pauta do plenário. Já está marcada para as 14 horas, a primeira sessão deliberativa (do Senado) no período de convocação extraordinária. Quatro medidas provisórias (MPs) estão na lista para serem apreciadas. Dessas, três tratam da abertura de crédito para ministérios e uma dispõe sobre o abono salarial concedido pelo governo aos militares, cujo valor foi pago em outubro e novembro de 2005.