Rio de Janeiro, 09 (AE) – Em um jogo de baixo nível técnico, o Botafogo venceu, de virada, por 2 a 1, o Grêmio, nesta quarta-feira à noite, no Caio Martins, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ambas equipes pouco produziram no primeiro tempo e o jogo somente ganhou movimentação, na segunda etapa, quando saíram os gols.

Por ter atuado em casa e iniciado o confronto na zona de rebaixamento do Nacional, o Botafogo buscou a vitória, mas esbarrou na deficiência técnica de seu ataque, durante a primeira etapa. O triunfo foi importante, principalmente, porque deixou o Alvinegro dois pontos à frente do Grêmio, que permaneceu com 28, na tabela de classificação.

No primeiro tempo, o atacante Schwenck desperdiçou as poucas oportunidades ofensivas criadas pelo Botafogo, chutando as bolas sem perigo ao gol do Grêmio. Já a equipe gaúcha limitou-se a tentar explorar os atacantes Cláudio Pitbul e Christian.

O gol do Grêmio logo aos 3 minutos do segundo tempo, com Christian, aproveitando uma falha defensiva do Botafogo, movimentou a partida.

Desesperados, os jogadores do Alvinegro passaram a facilitar os contra-ataques do time gaúcho.

E a virada do Botafogo só foi possível por causa de dois lances isolados do lateral-esquerdo Renatinho. No primeiro gol, ele cobrou uma falta na entrada da área e empatou a partida, aos 21 minutos. Sete minutos depois, o jogador fez uma bela jogada na meia-lua e chutou de direita sem defesa para o goleiro Márcio assegurando a vitória alvinegra.

Ficha Técnica:

Gol – Christian aos 3, Renatinho aos 21 e aos 28 minutos do segundo tempo.

Botafogo – Jefferson; Rodrigo Fernandes, Gilmar, Gustavo e Renatinho; Túlio, Fernando, Valdo (Têti) e Elvis; Almir e Schwenck (Carlos Alberto). Técnico – Paulo Bonamigo.

Grêmio – Márcio; George (Bruno), Baloy, Caçapa e Arilson (Roberto Santos); Cocito, Felipe Mello, Léo Inácio e Yan (Douglas); Cláudio Pitbull e Christian. Técnico – José Luiz Plein.

Juiz – Edilson Pereira de Carvalho (FIFA-SP).

Cartão amarelo – Fernando, Felipe Mello e Baloy.

Público – 2.416 público presente.

Renda – R$ 31.686,00.

Local – Caio Martins.