Renato Gaúcho decide nesta sexta-feira o futuro do elenco do Vasco. O treinador, que está há um ano no cargo, vai se reunir com o presidente vascaíno Eurico Miranda na sede do clube.

A intenção de Renato Gaúcho é a de promover uma faxina no elenco, após as duas derrotas na final da Copa do Brasil para o Flamengo. O treinador está insatisfeito com problemas disciplinares de alguns atletas, como os atacantes Valdiram e Valdir Papel.

"Não quero falar em nomes, mas algo precisa ser feito. Quem me conhece sabe o que irei falar com o presidente", destacou Renato Gaúcho, que nesta quinta não compareceu ao clube.

Mas o presidente do Vasco mostrou que discorda da intenção do técnico. O dirigente afirmou que não vai mandar ninguém embora e que Renato Gaúcho se excedeu nas declarações ao término da partida contra o Flamengo, na quarta-feira.

Se a discordância persistir, Renato Gaúcho pode deixar o clube. Nesta quinta, ele descartou a possibilidade de ir para o Corinthians.

"Estão falando que o Corinthians me quer, mas ninguém me procurou. Estou com a cabeça no Vasco e eles têm um grande treinador (Geninho)", disse Renato Gaúcho.