Foto por:

Um jornalista britânico acusado de orquestrar a invasão do vestiário da Inglaterra por um torcedor foi condenado a pagar uma multa do equivalente a US$ 99 por ter reservado um quarto de hotel com nome falso. “As negociações entre a defesa e o Ministério Público chegaram à multa de 750 rands (US$ 99) por ele ter violado a lei de imigração”, declarou o promotor Billy Downer.

O jornalista Simon Wright, do “Sunday Mirror”, reservou o quarto para obter uma entrevista exclusiva com o torcedor Pavlos Joseph, que muitos veículos queriam ouvir. O repórter ofereceu o equivalente a R$ 73.000 pela exclusiva. Furioso pela atuação da Inglaterra diante da Argélia (0-0) na fase de grupos, Joseph entrou no vestiário e teve uma breve discussão com David Beckhamm sobre o jogo “miserável” do English Team. Dois dias depois, o “Sunday Mirror” publicou uma entrevista em que o torcedor, de 32 anos, afirmou que procurava apenas o banheiro. Ele teve que pagar o equivalente a US$ 100 de multa.