Integrantes do Poder Judiciário e do Ministério Público de todo o país realizam hoje, em Brasília, ato público contra a corrupção e em defesa da ética na política. A manifestação é promovida pela Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp) e pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB).

Às 11 horas, na sede da AMB, dirigentes das duas entidades falam sobre o atual momento político brasileiro e, em seguida, divulgam manifesto condenando a corrupção e pedindo medidas rígidas para quem comete tal ato. Às 14 horas, os manifestantes se concentram em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF), quando encaminharão o manifesto aos presidentes do STF, Nelson Jobim, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Carlos Velloso, da Câmara dos Deputados, Severino Cavalcanti, e do Senado, Renan Calheiros. O documento também será entregue ao procurador-geral da República, Antônio Fernando de Souza.