O governador Roberto Requião assina hoje mudanças na tabela do ICMS. Até hoje, as empresas que faturavam até R$ 18 mil por mês eram isentas do pagamento do imposto. Agora, a isenção foi estendida para empresas que faturam até R$ 25 mil por mês e o cálculo da Secretaria da Fazenda é que mais de 30 mil microempresas sejam beneficiadas.

As demais faixas, que usufruem da redução do ICMS, também foram aumentadas. As empresas que faturam de R$ 25 mil a R$ 66 mil pagarão 2% de imposto. As que faturam de R$ 66 mil a R$ 166 mil serão taxadas em 3%. Para as que têm faturamento acima de R$ 166 mil, a taxação será de 4%. Com a nova tabela, o número de empresas beneficiadas com a redução do ICMS passará de 160 mil para 190 mil.