san010205.pngO governador Roberto Requião assinou na noite desta segunda-feira (31) um decreto que reduz a tarifa mínima para micro e pequenos estabelecimentos comerciais, além de escritórios de profissionais liberais, consultórios médicos e odontológicos, de advocacia e contábeis. A assinatura ocorreu durante encontro com empresários na Federação do Comércio do Paraná.

Mais de 117 mil usuários, com consumo mensal de até 10 m3, serão beneficiados. Com a medida, aqueles que possuem os serviços de água e esgoto esse terão a tarifa mínima reduzida de R$ 52,92 para R$ 29,43, o que significa uma economia de 44%. Para os serviços de água, a redução é de R$ 29,40 para R$ 16,35.

"Essa é a diferença de uma empresa pública e uma empresa privada", comparou Requião. "A Sanepar é hoje uma empresa pública voltada para o povo. Ela não deve cobrar aquilo que não oferece aos usuários e nós estamos corrigindo isso", acrescentou ao lembrar da luta que empreendeu para evitar que empresários, sócios minoritários, mandassem na Sanepar.

O investimento social da empresa, incluindo o benefício ao micro e pequeno comércio e a Tarifa Social, é de cerca de R$ 81 milhões por ano. Segundo o presidente da Sanepar Stênio Jacob, esse montante vai gerar mais emprego e renda. "Essa é a contribuição social da direção da Sanepar e do governador do Estado para estimular a economia do Paraná", afirma.

Tarifa Social

A Tarifa Social da Sanepar beneficia 1,27 milhão de pessoas. Quem está cadastrado no programa paga R$ 5,00 para a tarifa de água e R$ 7,50 para os serviços de água e de esgoto. De acordo com estudo do Ipardes, cerca de 1,44 milhão de paranaenses, ou 360 mil famílias, serão beneficiadas. Em apenas um ano, cerca de 318 mil famílias já se cadastraram.
Stênio destacou outra medida de cunho social recentemente anunciada pelo governador Roberto Requião ? a redução do valor cobrado pelas novas ligações de esgoto. Até outubro de 2004, para ligar o esgoto à rede, o indivíduo tinha de desembolsar R$ 121,93. O custo da ligação caiu 88%. "Não temos como pensar em saúde com uma taxa que inviabiliza a ligação. Reduzimos para R$ 14,80 para que todos tenham acesso também aos serviços de esgoto", diz ele