O governo do Paraná entrega nesta segunda-feira (29) às 15 horas, na Ceasa Curitiba ? BR 116 quilômetro 111, no bairro do Pinheirinho, o posto de atendimento do Corpo de Bombeiros e o módulo da Polícia Militar na unidade. Os dois pontos além de atenderem as eventuais necessidades da Ceasa estarão também servindo toda a região que abrange a empresa, como ainda a Cidade Industrial de Curitiba.

O governador Roberto Requião, o vice-governador e secretários de Agricultura e do Abastecimento, Orlando Pessuti, e o secretário da Segurança Pública, Luiz Fernando Delazari estarão presentes no evento. ?Essa era uma reivindicação dos produtores, atacadistas e trabalhadores do mercado. Já dispúnhamos de uma área na entrada da Ceasa. Mas precisávamos adequá-la e adaptá-la às necessidades do Corpo de Bombeiros?, diz Jane Elisabeth Kasperski Setenareski, diretora-presidente da Ceasa Paraná. O posto do Corpo de Bombeiros da Ceasa tem uma área de 260 metros quadrados.

O governador inaugura ainda o Centro de Eventos da Ceasa Curitiba. O local, com área de 400 metros quadrados, tem um auditório com capacidade para 150 pessoas. A nova sede da Divisão Técnica e Econômica (Ditec) da empresa também será entregue nessa data.

?A Ceasa vem realizando vários trabalhos para melhorar o comércio de hortigranjeiros no Estado. A Campanha Paranaense de Rotulagem e Embalagens, que conta com a participação de todos os segmentos do setor, é um destes exemplos. O produtor do Estado ganha visibilidade, e o consumidor tem ainda mais garantias e segurança com essa identificação?, diz o vice-governador e secretário da Agricultura e do Abastecimento, Orlando Pessuti.

Ceasa em números

As Centrais de Abastecimento do Paraná, as Ceasas, são conhecidas pelo grande volume de comercialização de frutas, legumes e verduras, além de outros serviços ligados ao agronegócio. Estão instaladas nas cinco unidades das Ceasas no Estado ? Curitiba, Londrina, Maringá, Cascavel e Foz do Iguaçu, 643 empresas atacadistas e cadastrados 5.604 produtores.

Por ano atacadistas e agricultores das Ceasas do Paraná comercializam 1.100 milhão de toneladas, ou seja, uma média mensal de movimentação de 91,6 mil toneladas de produtos.

A empresa atua ainda na área social, através do Banco de Alimentos ? Ceasa Amiga. Neste projeto o objetivo receber a doação de frutas, legumes e verduras excedentes ou fora do padrão de comercialização, mas em condições de consumo humano. Depois de selecionados, os produtos são repassados às entidades sociais cadastradas.

A Ceasa promove também cursos e oficinas para incentivar o consumo de frutas e verduras, ajudando também a combater o desperdício de alimentos.