O governador Roberto Requião participou, nesta quinta-feira, da formatura de 121 soldados do 5.º Batalhão da Polícia Militar, em Londrina. “Estes policiais entram para corporação no momento em que ela se moderniza. Estamos trabalhando, reformulando estatutos e regulamentações para que a antiga truculência dê lugar ao policiamento comunitário”, disse o governador.

Requião ressaltou que os novos policiais se integram ao programa Paraná contra o Crime – Polícia na Rua, que reduz jornadas de policiais militares em funções administrativas para aumentar o efetivo nas ruas, e atuam paralelamente ao programa de Policiamento Ostensivo Volante (Povo). “Com as seis viaturas do Povo e esses policiais, Londrina passará a ter mais segurança”, salientou. “Nossa polícia está mais equipada e melhor treinada para poder trabalhar com mais eficiência”, explicou.

A ação policial integrada com a comunidade também foi ressaltada pelo secretário da Segurança Pública, Luiz Fernando Delazari. “Esse novo efetivo foi treinado dentro da filosofia do policiamento comunitário, que prevê uma aproximação maior do policial com os cidadãos”, disse. Uma das ações desse tipo de policiamento é o Povo, no qual o policial militar se apresenta à comunidade e estuda, com ela, melhores formas de aumentar a segurança. Delazari também anunciou que existem estudos para levar o programa Polícia na Rua para outras cidades, de acordo com a necessidade.