O governador Roberto Requião participa neste fim de semana em Porto Alegre do Fórum Social Mundial. A agenda do governador inclui várias atividades. Na manhã deste sábado, o governador faz uma palestra que terá como tema "A importância da luta pela soberania alimentar e como devemos defender nossas sementes e contra transgênicos". O pronunciamento de Requião será feito na praça Por do Sol, às margens do Rio Guaíba.

No domingo, às 8 horas, o governador acompanha a chegada do presidente da Venezuela, Hugo Chávez. Logo depois, Requião e o presidente seguem até o assentamento do Tapes, do MST, a 100 quilômetros da capital gaúcha. No assentamento, assinam um protocolo de intenções para o intercâmbio de sementes entre o Paraná e a Venezuela.

Banco de Sementes

Ainda no assentamento, conhecem a produção de arroz orgânico com peixes e patos e seguem ao Bosque Internacional da Solidariedade, onde participam de um ato em defesa da soberania alimentar sobre as populações. Também anunciam a criação do Banco de Sementes e integram um Encontro de Agricultores Internacionais.

Além do governador do Paraná e do presidente Hugo Chávez, compõem a comitiva nessas atividades os ministros Luiz Fernando Furlan (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), Marina Silva (Meio Ambiente), Tarso Genro (Educação) Olívio Dutra (Cidades), além do senador Eduardo Suplicy (PT-SP) e autoridades religiosas.

Às 13h30, Requião almoça com intelectuais brasileiros e internacionais à convite do governo venezuelano. Depois, às 15h30, participa de uma entrevista com tradução simultânea para o francês e inglês e com transmissão pela TV Paraná Educativa. O último compromisso do governador no fórum será no Ginásio do Gigantinho, onde às 18h30, o presidente Hugo Cháves faz palestra.