Ao ser recebido ontem em audiência no Palácio Iguaçu pelo governador Roberto Requião, o vereador Geraldo Bobato (PFL) solicitou que o Bairro Umbará seja contemplado por futuros repasses do Governo do Estado à prefeitura de Curitiba, para a realização de obras que considera fundamentais para o desenvolvimento da região que representa na Câmara Municipal.

O governador Roberto Requião recebeu com simpatia as reivindicações do vereador curitibano e lembrou que em sua infância e adolescência acampava com freqüência no Umbará, na época era uma das regiões mais aprazíveis de Curitiba. E fez questão de destacar que não medirá esforços para que as reivindicações de Bobato sejam encaminhadas e atendidas.

Na relação de obras que gostaria de ver contempladas por repasses ou programas do Governo de Estado, Bobato considera importante a pavimentação de 7 quilômetros de vias públicas, que ligam aquele bairro a várias outras regiões do município. Ele reivindica, por exemplo, que seja pavimentada a rua Francisca Beraldi Paolini, com início na rua Delegado Bruno de Almeida até o Parque Barigui, perfazendo 600 metros de extensão. Esta via representa a ligação da região da Caximba com o município de Araucária.

Além da rua Francisca Beraldi, Bobato luta pela pavimentação da rua Eduardo Pinto Rocha, com 2.100 metros de extensão; Estrada do Ganchinho, com início nas proximidades do Santuário Divina Misericórdia até a ponte sobre a estrada de ferro, com 1.200 metros de extensão; rua Antonio Augusto de Brito, da ponte sobre o rio Ponta Grossa até a Estrada do Ganchinho e que liga as Moradias Marupiara a Vila Cachoeira, com 400 metros de extensão; rua Miguel Ângelo Pelanda, com 900 metros; rua Colomba Merlin, com 1.200 metros; e a ligação da Estrada do Ganchinho com São José dos Pinhais, com extensão de 580 metros.