Foto por: Franck Fife

O atacante Robinho, que igualou a marca de oito gols de Pelé e se tornou o maior artilheiro dos confrontos entre Brasil e Chile, com o gol anotado nesta segunda-feira na vitória de 3-0 sobre o rival sul-americano pelas oitavas de final da Copa do Mundo, disse que não pode ser comparado ao rei do futebol.

¨Pelé é um jogador incomparável, tive a felicidade de fazer oito gols também. Graças a Deus também tenho sorte contra o Chile¨, declarou o atacante, que fez seu primeiro gol em Copas.

Dos oito gols de Robinho contra os chilenos, sete aconteceram nos seis jogos que a seleção disputou contra este país sob o comando do técnico Dunga.

O camisa 11 da seleção, que disputa a segunda Copa do Mundo, também comentou a felicidade de ter deixado sua marca em um Mundial.

¨Fico muito feliz de ter feito meu primeiro gol em uma Copa do Mundo, claro que estou mais feliz pela vitória da equipe, mas também estou muito feliz pelo meu primeiro gol¨.

Ao mesmo tempo, ressaltou que pensa apenas no hexacampeonato da seleção.

¨Meu projeto principal agora é ser campeão do mundo. Depois, se for possível ser o melhor do mundo, ótimo, mas agora estou pensando só no conjunto, no grupo, nas conquistas coletivas. As conquistas individuais deixo para segundo plano¨.

O jogador também comentou a expectativa para o jogo das quartas de final contra a Holanda, na próxima sexta-feira em Port Elizabeth.

¨A gente vai encontrar muita dificuldade, mas a equipe está preparada¨, afirmou.

Depois do primeiro gol, Robinho projeta atuações ainda melhores.

¨Acredito que agora a tendência é melhorar, depois de um gol, quando você faz o primeiro a tendência é fazer mais¨.