Uma rodada de negócios reuniu na tarde de quarta-feira (23) cerca de 200 empresários paranaenses e chineses, além de consultores especializados em comércio internacional. A rodada fez parte do evento Oportunidades de Negócios Brasil-China, promovido pela Curitiba SA, empresa responsável pela política de desenvolvimento econômico do município, pela Federação do Comércio Paraná, Sesc da Esquina, Banco do Brasil, UNIFAE, Instituto de Comércio Exterior e as Câmaras de Comércio Brasil-China-Paraná e Brasil-Taiwan-China-Paraná.

Dos cerca de 200 participantes, 14 faziam parte de uma missão de chineses da província de Xiamen, que vieram a Curitiba em busca de novos negócios. "O encontro foi uma oportunidade para se discutir aspectos relevantes e essenciais para a realização de parcerias entre os dois países", disse Juraci Barbosa Sobrinho, presidente da Curitiba SA.

Pela manhã, os empresários assistiram a duas palestras sobre oportunidades de negócios e sobre linhas de financiamento do Banco do Brasil para exportação e importação. À tarde, paranaenses e chineses puderam sentar juntos numa sala de negócios.

Guo Anmin, vice-presidente do congresso popular de Xiamen, contou que sua província tem 2,2 milhões de habitantes e que, atualmente, mantém contato comercial com 180 países. O intercâmbio financeiro em 2004 chegou a US$ 300 milhões, 10% com empresas instaladas na América do Sul. Anmin espera que este movimento aumente ainda mais.