A Rede Paranaense de Comunicação (RPC) tem até amanhã para entregar a fita original da matéria que mostrava o chefe da Divisão de Cemitérios da Prefeitura de Curitiba, Juarez Lopez de Oliveira, negociando um lote no Cemitério Municipal São Francisco de Paula. A reportagem apresentada no programa Fantástico, da Rede Globo, no dia 24 de novembro, mostra Juarez cobrando propina para dar prioridade na negociação do lote.

O promotor de Proteção ao Patrimônio Público do Ministério Público Estadual, Fábio Guaragni, destacou que pedido da fita à RPC foi feito no dia 27 de novembro, tendo a empresa dez dias úteis para entregá-la. “Caso ela não entregue vamos fazer novo pedido. Em último caso podemos até pedir um mandato de busca e apreensão”, disse o promotor, destacando que isso provavelmente não será necessário.

“Deve estar demorando porque a fita foi editada no Rio. Depois de ter o material em mãos, vamos encaminhá-la à perícia da Polícia Científica”, explicou, lembrando que o melhor seria se a fita repassada ao MP fosse bruta, sem edições.