Rio de Janeiro, 11 (AE) – Com dois gols de ex-vascaínos, o São Caetano derrotou o Vasco, por 2 a 1, de virada, em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro. O primeiro foi marcado pelo atacante Euller, enquanto o segundo numa bela finalização do volante Paulo Miranda.

A vitória deixou o campeão paulista mais próximo dos líderes. Já o time carioca segue sem vencer uma equipe paulista. Para piorar, foi a segunda derrota consecutiva atuando em casa e o fantasma do rebaixamento começa a aparecer.

Sonolento e apresentando um futebol tecnicamente fraco, o São Caetano foi totalmente pressionado pelo Vasco até os 25 minutos, quando resolveu acordar para o jogo e equilibrar a partida. Até melhorar suas atuação, o time paulista errava muitos passes e atuava recuado. Seus dois laterais, por exemplo, não apareciam na frente para apoiar o ataque.

E o Vasco soube aproveitar a inoperância do São Caetano. Logo aos nove minutos, após cobrança de falta do meia Petkovic, a bola sobrou dentro da área para o atacante Anderson, que chutou sem chances de defesa para o goleiro Sílvio Luiz.

Em jogada seguinte, o mesmo Anderson desperdiçou ótima oportunidade, ao cabecear para fora.

A partir daí, quando os laterais começaram a aparecer no ataque, só deu São Caetano. Tanto Anderson Lima quanto Triguinho em bons chutes, levaram perigo ao gol de Tadic.

Aos 31, Anderson Lima cruzou e Euller cabeceou para empatar a partida. Em seguida, novamente, Euller apareceu na área adversária. Ele aproveitou uma sobra, a bola desviou na zaga, obrigando Tadic a realizar grande defesa. Euller ainda encontrou tempo para chutar uma bola na trave.

No segundo tempo, o Vasco deu a entender que voltaria com a mesma disposição da primeira etapa. Logo no início Petkovic cruzou e o volante Ygor cabeceou para boa defesa de Sílvio Luiz. Aos 17 minutos, Valdir desperdiçou oportunidade incrível.

Começava a se repetir os fatos da derrota para o Paysandu, na última rodada: muitos gols perdidos.

E o São Caetano aproveitou. Aos 21, Paulo Miranda ajeitou na entrada da área e bateu colocado, no ângulo de Tadic.

Com a vantagem no placar, o São Caetano passou a administrar a partida. E quase foi punido por isso. Ygor deixou Anderson diante de Sílvio Luiz. O atacante, porém, chutou no travessão. Foi o último suspiro do Vasco no jogo.

Gols – Anderson aos 9 e Euller aos 31 minutos do primeiro tempo. Paulo Miranda aos 21 minutos do segundo tempo.

Vasco – Tadic; Thiago Maciel (Claudemir), Henrique, Fabiano e Diego (Gomes); Ygor, Emerson (Allan), Róbson Luiz e Petkovic; Valdir e Anderson. Técnico – Geninho.

São Caetano – Sílvio Luiz; Dininho (Serginho), Thiago e Gustavo; Anderson Lima, Mineiro, Paulo Miranda, Marcinho (Danilo) e Triguinho; Euller (Marcelo Mattos) e Fabrício Carvalho. Técnico – Péricles Chamusca.

Juiz – Luciano Almeida (DF).

Cartão amarelo – Diego, Mineiro e Róbson Luiz.

Local – São Januário.