O projeto Franqueador Rio, desenvolvido pelo Sebrae/RJ como experiência piloto no estado desde 2002, ganhará dimensão nacional a partir de abril, através do Sebrae nacional. O projeto completou este mês, desde sua implantação, a formatação de 16 empresas que conseguiram se expandir e consolidar sua marca no mercado.

A coordenadora do Franqueador Rio no estado do Rio de Janeiro, Jacqueline Garcia, disse à Agência Brasil, nesta capital, que após o sucesso da metodologia adotada pelo Sebrae/RJ, o projeto de formatação de pequenas empresas interessadas em se tornar franqueadoras vai se transformar em um plano nacional, ganhando um novo serviço que irá agregar valor ao que já existe. Trata-se do desenvolvimento da rede de franquias, não realizado atualmente pelo Sebrae/RJ.

Jacqueline Garcia informou que os técnicos da entidade realizam, atualmente, a identificação da empresa potencial, fazem sua formatação em parceria com o empresário e procedem a seu lançamento no mercado, através das feiras e eventos de que o Sebrae/RJ participa, disponibilizando espaço para sua divulgação. A partir de abril, além de estar formatada, a empresa vai receber treinamento do Sebrae nacional junto com uma consultoria que ensinará o pequeno empresário a selecionar seus franqueados. A empresa será acompanhada durante seis meses após a venda da primeira franquia, o que reforçará seu processo de expansão.

A expectativa do Sebrae/RJ é de que mais 10 empresas estarão formatadas no Rio de Janeiro até novembro deste ano. No plano nacional, a meta é que o projeto do Franqueador seja trabalhado em pelo menos duas empresas em cada estado no primeiro ano de vigência, para ir crescendo gradualmente, revelou Jacqueline Garcia.

O setor de franchising no Brasil tem mostrado expansão nos últimos anos. De acordo com pesquisa recente da Associação Brasileira de Franchising (ABF), divulgada pelo Sebrae/RJ, o crescimento observado em 2004 foi de 30% em relação ao ano anterior.