Fortes rajadas de ventos começam a soprar favoravelmente em direção ao empreendedorismo. As boas expectativas se baseiam na chegada do circuito 2007 da Feira do Empreendedor, o maior evento de oportunidades de negócios do País. O Sebrae já está nos preparativos para a próxima rodada de eventos que este ano deve acontecer em 12 cidades brasileiras. Estão previstas feiras em Tocantins, Goiás, Alagoas, Paraíba, Bahia, Amapá, Mato Grosso Maranhão, além de outras três cidades do interior do Rio de Janeiro, e o Distrito Federal, que abre o circuito.

De acordo com a coordenadora nacional do evento, Andréa Faria, a rodada deste ano dá início a um novo processo de descentralização da Feira, que irá promover mais acessibilidade aos candidatos a empresários do Brasil. "O objetivo é levar o serviço a todos os cantos dos estados e ter maior abrangência territorial desse projeto, que já se consolidou nas capitais. Queremos estar mais perto do nosso cliente", explica.

Alguns resultados do evento obtidos em 2006 superaram os do circuito 2005. Segundo dados do Sebrae, no ano passado, a Feira, realizada em dez capitais brasileiras, recebeu 223 mil visitantes, contra 210 mil em 2005. A área de montagem cresceu 56%, e o número de capacitados por cursos, seminários e palestras também aumentou. No total, foram 66 mil pessoas capacitadas, o que representa um crescimento de 44,6%, em relação ao ano de 2005.

Pesquisa

Para medir o grau de avaliação e satisfação da Feira do Empreendedor junto aos clientes e organizadores, a Unidade de Atendimento Individual realizou a Pesquisa de Reação e Impacto do Circuito da Feira durante o ano passado. Alguns dos dados foram apresentados no encontro de coordenadores do evento de todo o Sistema, durante a última edição do ano, em novembro, no Ceará.

Até o momento, estão disponíveis os resultados obtidos no Distrito Federal, Minas Gerais, Pernambuco, Santa Catarina e Sergipe. Dados da pesquisa realizada sobre o evento no Distrito Federal revelaram, por exemplo, que 49% dos visitantes da Feira já eram empreendedores potenciais. Também se constatou que 58% do público já tinham ouvido falar no evento, mas nunca tinham participado. Além disso, 80% disseram que, após a visita, haviam atingido seu objetivo na Feira, e que 95% retornariam ao evento no próximo ano.