A segunda prévia do Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Economia (IBRE) da Fundação Getúlio Vargas, mostrou estabilidade nos preços em comparação à primeira prévia anunciada no dia 10 deste mês. O índice passou de 0,62% para 0,61%.

O coordenador de Análises Econômicas do IBRE, Salomão Quadros, disse que não se deve falar em inflação generalizada, embora a economia esteja passando por um período de pressões inflacionárias e aumentos de preços localizados, que, dado ao peso de setores como siderurgia, petroquímica e papel, aparecem no índice, principalmente na parcela industrial.