Os indicadores de agosto, divulgados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), mostram que houve uma ligeira queda na vendas reais. Em relação a agosto de 2004, a redução foi de 0,67% e ante julho de 2005 foi de 1,08%.

O índice de utilização da capacidade instalada, em termos dessazonalizados, atingiu 82%, um pouco acima dos 81,7% de julho. No entanto, o indicador é 1,5 ponto porcentual inferior ao registrado em agosto de 2004 (83,5%). O número de trabalhadores na indústria se manteve praticamente estável em agosto, com acréscimo de apenas 0,05% em relação a julho.

No entanto, o emprego no setor cresceu 3,01% na comparação com agosto de 2004. A massa salarial cresceu 0,25% em relação a julho e 8,25% em relação a agosto de 2004. As horas trabalhadas na produção tiveram uma ligeira queda de 0,32% em relação a julho de 2005, mas mostraram um aumento de 4,77% ante agosto de 2004.