A ida para a casa depois da conquista do Coritiba na final do Campeonato Paranaense, na noite deste domingo (8), acabou em confusão, briga e sangue. Houve confronto entre torcedores do Atlético Paranaense e o Coritiba. Pelo menos uma pessoa foi atingida por estilhaços de um tiro dentro de um ônibus biarticulado e outras duas foram agredidas.

Segundo a Guarda Municipal (GM), a confusão começou por volta das 19h30. Os torcedores do Coritiba seguiram num ônibus biarticulado quando foram surpreendidos por um grupo rival de uma torcida do Atlético que esperava pela passagem do coletivo.

Na estação-tubo Coronel Dulcídio, na Avenida Sete de Setembro, os marginais atacaram o ônibus com paus, pedras e bombas. No meio da confusão, um tiro disparado da rua acertou o ônibus que estava cheio.

Conforme a GM, um torcedor ficou ferido e foi levado para o Hospital do Trabalhador, mas sem risco de morte. Já os torcedores agredidos também seriam do Coritiba e foram encaminhados ao Hospital Cajuru.

Depredado

Na confusão o ônibus foi depredado e teve quase todos os vidros quebrados. No interior do coletivo havia muito sangue, possivelmente do rapaz que foi atingido pelo tiro. A Guarda Municipal usou bombas de efeito moral para dispersar os vândalos e ninguém foi detido. A Polícia Militar (PM) também deu apoio à situação, que quase fugiu do controle.

Ônibus foram depredados. Foto: Colaboração
Ônibus foi depredado por vândalos. Foto: Colaboração