Um Focus roubado levou policiais militares a um confronto com bandidos por volta das 22h desta terça-feira (14), na Avenida Anita Garibaldi, no Barreirinha, em Curitiba. Um deles morreu e outros três foram presos.

A suspeita é de que seriam assaltantes que agiam na região. Conforme apurou a Tribuna do Paraná, os policiais patrulhavam na região quando encontraram o veículo.

Foto: Colaboração.
Foto: Colaboração.

Ao verificarem as placas, descobriram que o carro tinha sido roubado durante a tarde e tentaram abordar os ocupantes. Os homens fugiram e foram acompanhados.

Na Avenida Anita Garibaldi, os bandidos entraram num posto de combustível na esquina com a Rua União da Vitória. Houve confronto com os policiais.

O rapaz, de 20 anos, morreu na hora. Os outros três, de 22, 25 e 53, foram presos. Uma das viaturas da PM foi atingida pelos disparos e ficou com o para-brisa cravado, mas os policiais não foram atingidos.

A suspeita dos policiais é de que os quatro homens teriam roubado residências, comércios e planejavam roubar o posto também. Eles foram encaminhados à Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) junto com um revólver calibre 38 apreendido.

Frentista ferido

No confronto, embora a viatura tenha sido atingida, nenhum policial militar se feriu, mas um frentista que trabalhava no momento em que os bandidos começaram a trocar tiros com os PMs, acabou machucado. Conforme apurou a reportagem, ele foi atingido por estilhaços provocados por um dos tiros. O homem foi socorrido pelos bombeiros e encaminhado, em uma ambulância Siate, ao hospital.

Segundo a PM, o frentista teve ferimentos considerados leves e não corre risco de morte. Câmeras de segurança do posto – se tiverem registrado a ação –  vão poder ajudar a polícia nas investigações, caso seja preciso apurar de onde partiu o disparo, da arma dos bandidos ou de algum dos PMs.

Foto: Colaboração/Rede News.
Foto: Colaboração/Rede News.