Kely Regina Correia, 19 anos, foi morta ao brigar com uma mulher no começo da noite deste sábado (8), na Rua Doutor Pedro Zavaski, bairro Pinheirinho, em Curitiba. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já tem uma suspeita e imagens de câmeras de segurança podem ajudar nas investigações.

O crime aconteceu em frente à casa onde Kely morava há aproximadamente uma semana. Conforme as investigações, ela e a mulher teriam discutido e Kely acabou agredida e esfaqueada. Uma enfermeira que mora próximo ainda tentou ajudar no socorro, mas foi em vão.

Várias pessoas presenciaram o crime e ajudaram com informações importantes que foram repassadas à DHPP. Apesar disso, ninguém soube dizer ao certo qual foi o motivo da discussão que acabou em morte. Segundo o que os investigadores apuraram, Kely se mudou há pouco tempo para a região para morar próximo ao local de trabalho, que era num mercado atacado às margens da Linha Verde.

Como muita gente presenciou o crime, a polícia acredita que outras informações podem surgir no decorrer da investigação. Os policiais vão, nos próximos dias, ouvir algumas testemunhas e recolher imagens de câmeras de segurança. Novas informações, até mesmo sobre o paradeiro da assassina, podem ser passadas ao disque-denúncia da DHPP, pelo telefone 0800-643-1121.