Um veículo SW4 de R$ 180 mil anunciado por R$ 40 mil e um Corolla de R$ 70 mil por uma pechincha de R$ 27 mil. Essas “promoções” anunciadas na internet levaram três homens para a cadeia. As prisões foram efetuadas pela equipe da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV), que arbitrou fiança de R$ 10 mil para cada um dos envolvidos.

De acordo com o delegado Wagner Holtz, a delegacia recebeu uma denúncia a respeito do trio e iniciou imediatamente as investigações. “O que chamou nossa atenção é que os veículos são novos e os preços de venda estavam bem abaixo do valor de mercado”, disse.

Além disso, os três vendedores vinham de Goiás para negociar os carros em Curitiba, e foram localizados no estacionamento de um mercado da Capital, situado na Avenida Mariano Torres.

Segundo o delegado, os dois veículos foram roubados em Goiás, mas haviam sido clonados para venda e foi difícil identificar as alterações. “O trabalho que eles fizeram de clonagem estava perfeito. Se não fosse um aparelho que os policiais colocaram na hora na perícia, os suspeitos seriam liberados”, contou Wagner.

Alerta da polícia

Diante do fato, o delegado aproveita para alertar a população a respeito de compras pela internet, pois casos como esse são rotineiros. “Desconfie se o valor do carro que você procura corresponde ao valor anunciado, caso isso ocorra, procure a delegacia para orientações e até mesmo denúncias”, ressalta.