Juntos até na cadeia. Assim pode se definir um casal, de 24 e 27 anos, que foi preso pelos policiais da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) de Curitiba. Segundo as investigações, eles são suspeitos de roubarem celulares de duas lojas de departamentos da mesma rede, uma em Pinhais e outra em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC).

A prisão foi possível a partir de um mandado de prisão temporária expedido pela Justiça. O roubo em Pinhais aconteceu no dia 19 e, o de Araucária, no dia 30 de agosto. Em ambos os roubos, o casal levou um total de 46 aparelhos smartphones.

De acordo com o delegado Emmanoel David, as prisões temporárias foram solicitadas após os suspeitos serem reconhecidos por testemunhas. “Nos dois casos, eles estavam armados e contavam com o apoio de uma terceira pessoa, já identificada pela equipe, a qual tinha a função de dar fuga”.

Na delegacia, o rapaz, de 24 anos, teria confessado que participou dos dois roubos, mas a parceira dele afirmou que esteve apenas na ação em Araucária. Conforme o depoimento, ela teria a função de recolher os aparelhos enquanto o rapaz ameaçava os funcionários da loja com um revólver.

Com a prisão do casal, o delegado busca agora pelo terceiro envolvido. Além disso, a polícia acredita que pelo menos a dupla já detida seja reconhecida por outras vítimas, isso porque o delegado destacou que o casal já está sendo investigado por outros roubos semelhantes. Informações podem ser obtidas ou denunciadas pelo telefone da DFR, que é o (41) 3218-6100.