Aos poucos, todos os envolvidos nos roubos em lojas de eletrônicos localizadas em shoppings de Curitiba estão “caindo” devido à Operação “Blackout” realizada pela Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) desde o mês de abril. Na manhã desta quarta-feira (17), por exemplo, cinco suspeitos de receptação de celulares foram presos em flagrante pela equipe.

De acordo com o delegado Matheus Laiola, a ação ocorreu nos bairros Bacacheri, Bairro Alto, Portão, Hauer e Uberaba depois de uma série de investigações de campo e inteligência. Ao todo, foram apreendidos oito celulares roubados.

LEIA MAIS: Empresário pego com celulares roubados paga fiança e é solto

Ainda segundo ele, todos os suspeitos responderão pelo crime de receptação dolosa e, se forem condenados, podem pegar de um a quatro anos de reclusão.

“Blackout”

No dia 6 de abril, outros cinco suspeitos também foram presos pela DFR. Já no dia 2 de maio, mais de 40 suspeitos de portar aparelhos roubados, 15 adolescentes e cinco maiores suspeitos de praticar e planejar os roubos em shoppings e supermercados de Curitiba foram localizados. A ação foi realizada por cerca de 40 policiais, que cumpriram diversos mandados judiciais.

Ainda não acabou

No entanto, o delegado afirma que há muito trabalho pela frente e as diligências continuam. “Ainda há vários celulares roubados que devem ser recuperados. Por isso, novas prisões devem acontecer nos próximos dias”, adianta.