Uma operação policial com o objetivo de estourar um local usado como esconderijo de cargas roubadas terminou na morte de três membros de uma quadrilha e na prisão de um quarto elemento, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC).

A ação da Polícia Militar (PM) ocorreu por volta das 14h desta sexta-feira (1º), na continuação da Rua Eugênio Moro, na altura do número 123, bairro Miringuava. Houve confronto armado na abordagem policial, no momento da invasão da residência. Pelo menos um suspeito conseguiu fugir. O grupo vinha sendo monitorado há alguns dias pela PM.

+Leia também: “O celular está matando”, diz motorista de biarticulado após atropelamento de ciclista

Foto: Átila Alberti/Tribuna do Paraná
Foto: Átila Alberti/Tribuna do Paraná

Segundo o subtenente da PM Marcos Antônio do Nascimento, os três suspeitos que vierem a óbito tinham entre 25 e 30 anos de idade. “Equipes da polícia reservada do Bope, em conjunto com policiais militares do 17.° Batalhão da PM, tinham a informação de que os indivíduos praticaram roubos na região. Eles reagiram ao perceber a presença policial. Eles tinham pistolas e revólveres. Pelo material encontrado na casa, tudo indica que seja carga roubada. Houve elementos que fugiram. Não se sabe precisar quantos”, informou Nascimento.

A carga estava escondida dentro da residência, que era alugada e fica numa região afastada do Centro de São José, mas da acesso a várias rotas de fuga, incluindo acesso rápido ao Contorno Leste. Do lado de fora, no terreno, havia três carros. “Pelo menos dois veículos apresentam indicativo de furto”, disse o subtenente.

+Leia também: Dezoito cães de raça são resgatados de canil clandestino na Grande Curitiba

Foto: Átila Alberti/Tribuna do Paraná
Foto: Átila Alberti/Tribuna do Paraná

Uma informação extraoficial aponta que um dos suspeitos mortos durante o confronto seria uma liderança do tráfico de drogas no Cajuru, em Curitiba. Já o suspeito que foi preso seria identificado pelo apelido “Pânico”. Os homens já eram conhecidos da polícia.

Ainda segundo informações, a quadrilha agia, principalmente, em São José dos Pinhais, Uberaba e Jardim das Américas. As buscas pelos suspeitos teria começado há alguns dias, depois que a PM verificou que os localizadores dos caminhões que eram roubados para coleta da carga costumavam ser desligados nessa região. Isso levou a uma investigação reservada e à localização da casa onde os homens escondiam o fruto dos roubos.

O local estava locado em nome de um casal, que seria parente de um dos suspeito. Mas a informação, segundo a PM, ainda deverá ser levantada até poder ser confirmada.

Após o confronto, os Bombeiros foram até o local e os óbitos foram constatados. Os corpos foram recolhidos pelo Instituto Médico Legal (IML) por volta das 15h. A identificação completa dos suspeitos não havia sido divulgada até esse horário.

PRF do Paraná terá um Dodge Challenger RT na frota de viaturas