Ao todo dez mandados foram cumpridos na manhã desta segunda-feira (27) em uma nova fase da Operação Torres, realizada nesta manhã na Vila Torres, no Prado Velho, em Curitiba.

Dos 10 mandados cumpridos, 6 foram pela Polícia Civil e quatro pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). A ação contou ainda com agentes da Guarda Municipal de Curitiba.

A ação, deflagrada pelo 2º Distrito Policial (DP), tem como objetivo coibir o tráfico de drogas e receptação de produtos roubados.

“Além de apreender drogas, as equipes focarão na busca de objetos provenientes de furtos e roubos, que são frequentemente trocados em bocas de fumo”, falou o delegado-titular do 2º DP e responsável pela operação, Joaquim Antônio Figueira.

Prisões

Segundo a PRF, 6 pessoas foram detidas e encaminhadas à Delegacia da Polícia Civil. No início da tarde, a Polícia Civil apresentou as seis pessoas presas em flagrante na operação. Entre os presos, uma mulher de 39 anos e os dois filhos, de 18 e 25 anos.

De acordo com a PC, a família foi presa em casa durante uma das diligências. Ao todo, com eles foram apreendidas 11 pedras de crack, uma porção de cocaína e R$ 1.123 mil de origem desconhecida. Ainda segundo a polícia, ao notar a presença da equipe em sua residência, A mulher tentou jogar as drogas no vaso sanitário do banheiro porém foi flagrada, presa e encaminhada à delegacia junto com os dois filhos.

Todos responderão pelo crime de tráfico de drogas, e permanecem presos à disposição da justiça.

Além das prisões, os policiais ainda apreenderam duas balanças de precisão (uma com resquícios de cocaína, conforme narcoteste); 400 gramas de substância (pó branco) para mistura da cocaína; 32 gramas de maconha (embalada para venda) + 15g de maconha; 6 gramas de cocaína (embalada, apreendida dentro de um vaso sanitário); 3 gramas de crack e  R$ 1.123,00 em dinheiro.