A Polícia Civil divulgou nesta quarta-feira (3) o retrato falado do homem que atacou uma moça de 18 anos com uma seringa de sangue, no dia 18 de dezembro de 2016. A agressão aconteceu logo após a funcionária de uma rede de fast food da capital sair do trabalho e entrar na estação-tubo Eufrásio Correia para fazer a conexão com Pinhais/ Rui Barbosa.

Segundo o relato da jovem, o homem começou a segui-la e, sem que ela pudesse reagir, aplicou uma injeção em sua nádega esquerda. Ela olhou para trás no momento da agressão e percebeu que seu vestido estava rasgado e manchado com sangue. Devido ao ataque, a vítima precisou ser encaminhada até o Hospital do Trabalhador, onde foi atendida e medicada com um coquetel para prevenir possíveis doenças transmissíveis.

Mesmo com o susto, ela conseguiu visualizar o agressor e o descreveu como um homem entre 20 e 25 anos de estatura média, magro e pele de cor parda e queimada de sol sem barba. Ele vestia uma camiseta rosa, calça bordô e estava com boné de aba reta. Quem tiver mais informações a respeito do autor e sua localização deve entrar em contato com o 2º Distrito Policial pelo telefone (41) 3213-3206 ou via 190 da Polícia Militar (PM).