A Polícia Civil divulgou nesta quinta-feira (13) o retrato falado do criminoso que tirou a vida de Thiago Homan de Lima e baleou sua companheira Angela Beduschi em uma tentativa de assalto na noite da última segunda-feira (10). O crime aconteceu por volta das 20h na Cidade Industrial de Curitiba e o autor ainda não foi identificado.

Foto: Divulgação/Polícia Civil
Foto: Divulgação/Polícia Civil

De acordo com o delegado Victor Bruno da Silva Menezes, o caso está sendo tratado como latrocínio, que é o roubo seguido de morte, e a equipe de investigação conta com denúncias para chegar ao suspeito.

“Pedimos a todos que tenham informações sobre o crime para que entrem em contato com a Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos de Curitiba pelo telefone 3314-6400. A denúncia pode ser anônima”, solicitou.

Os tiros

Na noite do crime, o casal estava em um Gol vermelho na via de acesso à Rua João Dembinski, quando foi abordado pelo assaltante. O motorista acelerou para fugir do bandido, mas foi atingido por vários disparos de arma de fogo. Ele morreu no local e sua mulher, baleada no peito, foi socorrida em estado grave.

Depois dos tiros, o carro do casal desceu pela via sem controle e ainda bateu em outros dois veículos, um Logan prata e um Jetta de cor branca.