Duas mortes estranhas, ambas na Região Metropolitana de Curitiba, marcaram a noite deste sábado (08) e a madrugada de domingo (9). Nas duas situações as vítimas morreram antes mesmo da chegada das equipes do Corpo de Bombeiros.

+ Leia mais: Moradores acusam policiais de causarem incêndio devastador. “Chegaram igual exército e encapuzados”

A primeira morte aconteceu por volta das 22h de sábado (8), na qual um homem foi encontrado morto, sufocado, com o pescoço preso no aro de uma bicicleta. A ocorrência foi registrada numa pensão, na Avenida Cedro, bairro Eucaliptos, em Fazenda Rio Grande. Segundo o Corpo de Bombeiros, o homem teria caído da cama ao se virar, ficando com o pescoço preso entre a roda e a coroa da bike.

Sem chance de socorro, ele foi encontrado pelas equipes do Corpo de Bombeiros já em óbito. Levado ao Instituto Médico Legal (IML), o corpo passará por exames que devem apurar se a queda foi provocada por embriaguez e como, exatamente tudo aconteceu.

Queda fatal

A segunda situação aconteceu às 4h da madrugada deste domingo (09), na Rua Tavares de Lyra, bairro Vila Iná, em São José dos Pinhais. Identificado como Cleverson Izaías, um motociclista de 36 anos teria, sozinho, caído da moto enquanto trafegava pelo trecho.

+ Leia mais: O que pode mudar na compra e posse de arma quando Bolsonaro assumir?

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Motociclista morre após ‘acertar’ cavalo, cair e ser atropelado por outros veículos