Quinze dias após a fuga do Complexo Penitenciário de Piraquara, na região Curitiba, 22 dos 28 fugitivos continuam à solta (veja no quadro abaixo). O Departamento Penitenciário do Paraná (Depen) afirma que as buscas têm sido realizadas pelas forças policiais e as investigações são conduzidas pelo Centro de Operações Policiais Especiais (Cope). No entanto, até agora somente um homem foi recapturado, por guardas municipais de Quatro Barras, e cinco morreram em confrontos com a polícia (veja no quadro ao lado).

A Depen também informou que já realizou todos os reparos na Penitenciária Estadual de Piraquara I (PEP I) e a rotina de atividades e visitas foi normalizada nos últimos dias. Além disso, a instituição garante que está acompanhando de perto as investigações conduzidas pela polícia.

Mortos

Na fuga da madrugada de 15 de janeiro, 28 detentos conseguiram escapar com o apoio de homens fortemente armados, que explodiram uma parede da penitenciária. Dois deles, Rodrigo Augusto Brisolara Rodrigues e Peterson Luiz Paiva, morreram ainda na saída do presídio. Com eles foi encontrada uma metralhadora, uma bolsa com cartuchos balísticos e um colete à prova de balas.

Já no dia 16, Marlon Magno Freitas Castelhano e Evandro Emanuel dos Santos morreram em um confronto com a polícia na Rua Júlia Ferreira da Silva, em Quatro Barras. As duas armas que eles usavam também foram encaminhadas à delegacia.

Na no dia 17, uma terça-feira, a Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária (Sesp-PR) divulgou o nome do quinto detento morto em confronto. Era José Antônio de Sá, vulgo “Zeca do Malote”, que estava condenado a quase 60 anos de prisão. A troca de tiros que terminou com a morte do Zeca aconteceu por volta das 22h de domingo, dia 15, em uma chácara da Rua Minervino de Oliveira e Souza, próximo ao Complexo Penitenciário.

Recapturado

Ainda na no dia 17, Paulo César Alves foi recapturado pela Guarda Municipal de Quatro Barras. “Neguinho”, como é conhecido, foi preso após ter sido identificado por um guarda. Ele foi levado para a delegacia da cidade e encaminhado novamente ao complexo penal.

Buscas

Desde então, nenhum foragido foi preso. Entretanto, dois deles foram vistos e um até entrou em luta corporal com o guarda Nascimento, que estava de folga no bairro Jardim Acácia, em Quatro Barras, na quinta-feira, dia 19. Dois helicópteros realizaram buscas na região, mas ninguém foi encontrado.
Por isso, as forças policiais solicitam que a população colabore com as buscas ligando para o 190, para o Disque-Denúncia 181 ou pelo site www.181.pr.gov.br , serviços que garantem o anonimato.

FUGITIVOS