A tentativa de encarar policiais da Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone) e do Batalhão de Operações Especiais (Bope) não foi a melhor das decisões tomadas por Rogério de Paula, que morreu em confronto na noite desta quinta-feira (18), no Sítio Cercado, em Curitiba. Rogério estava entre os 29 presos que escarparam através de uma fuga cinematográfica da Penitenciária Estadual de Piraquara (PEP 1), no dia 11 de setembro passado. Sete já foram recapturados.

O trabalho dos policiais começou após uma denúncia anônima, que aponta que um dos fugitivos da PEP 1 estava na rua Ourizona, no Sítio Cercado, com um veículo roubado e com placas clonadas. Ao chegarem ao local, os policiais iniciaram a abordagem, mas o homem teria atirado contra os policiais, que revidaram. Rogério então entrou em uma casa na tentativa de se esconder.

Rogério de Paula morreu em confronto com a polícia no Sítio Cercado. Foto: Divulgação/Depen.
Rogério de Paula morreu em confronto com a polícia no Sítio Cercado. Foto: Divulgação/Depen.

Apos varredura dentro da casa, os policiais descobriram que o homem tinha escapado por meio de uma janela nos fundos da casa, escapando por telhados de casas vizinhas. Os policiais então fizeram um cerco na região e encontraram Rogério, momento em que houve uma nova troca de tiros.

Rogério acabou baleado e foi desarmado pelos policiais. O homem estava com uma pistola 24/7 Taurus. O Siate chegou a ser acionado, mas chegou apenas para constatar o óbito do homem.

Armamento em casa

Em averiguação na casa em que o homem estava, os policiais encontraram uma submetralhadora .40 italiana da marca Spectra carregada com 26 munições. Foram encontrados ainda documentos de origem duvidosa, uma CNH com dados falsos, um HB20 com placas BEO-2277 (sendo a placa BAM-6173 a original) com alerta de roubo.

Os objetos, armas e testemunhas foram encaminhadas à Central de Flagrantes.

 

Rone3

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Bolsonaro amplia vantagem em nova pesquisa Datafolha pro 2º turno