A Polícia Civil de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), investiga a morte de Douglas William da Costa, 24 anos, que foi morador do Condomínio Serra do Mar, também conhecido como “Condomínio da Morte”. O assassinato aconteceu por volta das 16h deste domingo (9), enquanto o rapaz jogava bola num campo de futebol amador da Rua Célia Teresinha Bassa, na Colônia Muricy.

Segundo a polícia, o crime aconteceu durante a partida de futebol. Três homens armados invadiram o jogo e atiraram pelo menos dez vezes contra Douglas, que tentou correr, mas foi em vão. O rapaz caiu no chão ajoelhado e morreu ali mesmo, na grama do campo de futebol.

Os investigadores da Polícia Civil descobriram que Douglas já não morava mais no condomínio, mas que teria saído do local justamente por estar ameaçado. A suspeita é de que o crime possa ter ligação com alguma desavença de quando ele morava no residencial que é conhecido pelos constantes casos de assassinatos.

Os três atiradores estavam num Fiesta bordô. Dos disparos, pelo menos seis atingiram o rapaz, conforme informou a Polícia Militar (PM). No momento do crime havia muita gente acompanhando o jogo, o que pode facilitar na identificação dos autores, que sequer se importaram com isso ao abrirem fogo contra Douglas.

Douglas era camisa 9 e atuava como o principal jogador do time amador que disputava a partida deste domingo. Ele era casado e pai de um bebê com menos de um ano. Denúncias sobre os atiradores podem ser passadas pelo telefone da Delegacia de São José dos Pinhais, pelo telefone (41) 3299-1500.