Ao tentar defender uma mulher que estava sendo assaltada no bairro Santa Felicidade, na tarde desta segunda-feira (19), o garçom Roderley Willy Klitzke, 57 anos, foi baleado por um dos marginais. Ele foi socorrido em estado gravíssimo, e corre risco de morrer.

De acordo com testemunhas, um ladrão abordou a mulher na Avenida Manoel Ribas, em frente a uma agência bancária, por volta das 14h. Roderley estava sentado ali próximo, no intervalo do serviço, quando ouviu a vítima gritar.

Testemunhas relataram que o garçom deu uma “voadora” no ladrão. Um comparsa do assaltante, que estava aguardando em uma motocicleta, disparou contra ele. Roderley foi encaminhado pelo Siate ao Hospital do Trabalhador.

O crime deve ser investigado pela Delegacia de Furtos e Roubos (DFR).