Em nova operação realizada nesta terça-feira (17), na linha de transporte coletivo Alferes Poli, em Curitiba,  23 pessoas que estavam dentro do coletivo, sem pagar passagem, foram encaminhadas ao 1.º Distrito Policial para assinar um Termo Circunstanciado devido a invasão.

De acordo com Odgar Nunes Cardoso, comandante geral da Guarda Municipal, no momento da operação, o ônibus tinha 43 passageiros. “Nós estamos realizando esse trabalho para que as pessoas de bem possam circular tranquilas nessa linha. Nós estamos fazendo abordagens bem antes de chegar no ponto final, para evitar que esses indivíduos tragam qualquer tipo de material. Essa linha é para passageiro e não para mercadoria. Nós vamos fazer mais abordagens até que essas pessoas entendam que tem que pagar a passagem”, relatou Cardoso.

Os casos de invasão nesta linha do transporte coletivo foram denunciados pela Tribuna. A população também pode colaborar através de denúncias anônimas pelos telefones 181 (Disque-denúncia da Segurança Pública), 153 (Guarda Municipal) e 190 (Polícia Militar).

Foto: Giuliano Gomes
Foto: Giuliano Gomes