Fábio Diocelio Marcondes, de 38 anos, foi morto na manhã desta quarta-feira (6) em Colombo, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Conhecido como “Fabinho”, o homem tinha um passado criminoso e inclusive tinha contra si, atualmente, dois mandados de prisão em aberto. Ninguém viu como fugiram os atiradores.

O crime aconteceu por volta das 8h40, na Rua Francisco Barbiot, próximo ao cruzamento com a Rua Gerônimo Lazaroto Sobrinho, no bairro Maracanã, distante menos de 500 metros de uma delegacia de polícia. Segundo a Polícia Militar (PM), moradores ouviram muitos disparos e quando saíram para ver o que tinha acontecido, encontraram “Fabinho” ferido no meio da rua.

Leia mais! Acidente com Buggy termina com a morte de homem no Boqueirão!

Socorristas do Samu foram acionados para tentar salvar o homem. Apesar do esforço e do trabalho no atendimento, nada puderam fazer, pois o homem já estava morto quando as equipes chegaram. Segundo os socorristas, “Fabinho” foi ferido por vários disparos, só no rosto, por exemplo, foram pelo menos oito.

Foto: Colaboração.
Foto: Colaboração.

“Fabinho”, que estava com dois mandados de prisão em aberto, já é uma figura conhecida da polícia, com passagens por roubo, tráfico de drogas e homicídio. Em 2012, por exemplo, ele foi preso suspeito de matar um homem no Ribeirão das Onças, também em Colombo. Recentemente, em 2016, foi detido em flagrante com um revólver calibre 38. Nessa época, “Fabinho” já era foragido do sistema prisional, por conta de uma condenação de 14 anos de prisão.

Alguns moradores disseram ter visto que o autor dos disparos fugiu num carro que seria de cor escura. Ninguém conseguiu anotar as placas do veículo, que seria um Gol. A mesma delegacia que fica próximo ao local do crime, a Delegacia do Alto Maracanã, fica responsável pelas investigações do assassinato. Denúncias podem ser feitas pelo telefone (41) 3605-6550.

Policial é baleado após ser assaltado por oito pessoas na BR-277