Um homem de 28 anos, identificado como Fábio Nunes, morreu após ser alvo de vários tiros, na madrugada desta quinta-feira (29), na Avenida Arthur Bernardes, no bairro Portão, em Curitiba. Ele estava dirigindo um Hyundai Veloster vermelho quando foi assassinado. A ação aconteceu por volta das 4h, após uma possível perseguição.

+Viu essa? Ameaça de massacre deixa comunidade escolar de Curitiba em pânico!

A Polícia Civil investiga a morte. Segundo o Delegado Thiago Nóbrega, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o jovem foi executado com tiros de pistola, após deixar uma casa noturna no bairro Batel, em Curitiba.

“O Fábio deixou o estacionamento quando teve início uma perseguição. Foram até a Rua Arthur Bernardes e o Fábio chegou a dirigir pela contramão e acabou batendo o carro em um canteiro. Ele desceu do veículo e andou por uns 300 metros. Chegou a pular um muro, mas foi alvejado com 20 tiros por três pessoas encapuzadas”, disse o Delegado da DHPP.

+Leia também: Homem é assassinado e tem casa incendiada em Almirante Tamandaré

De acordo com as investigações, o crime pode ter relação com o tráfico de drogas . “A vítima tem passagens em 2012 por envolvimento com entorpecentes. Ela estava sendo monitorada pelos autores do homicídio e pela forma como ocorreu podemos afirmar que não tem relação com algo acontecido na casa noturna. Foi um crime premeditado”, finalizou o delegado.

Testemunha do crime

Um guarda noturno testemunhou o crime e foi notado pelos assassinos que ainda tentaram matá-lo na sequencia . O guarda conseguiu fugir e quando retornou ao local já tinha a Polícia na cena.

+Leia mais! Mesmo com escolta, ônibus de turistas são assaltados. Um vigilante morreu!

Restaurante de Curitiba serve marmita aos necessitados e causa polêmica na vizinhança