Um homem que tentava atirar celulares e objetos para dentro da Penitenciária Estadual de Piraquara (PEP-II), na Região Metropolitana de Curitiba, foi morto na madrugada deste domingo (14) em uma troca de tiros com o sentinela de uma guarita da penitenciária.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

A ação ocorreu por volta das 5h40, quando o sentinela percebeu uma movimentação de dois homens entre tapumes, do lado de fora do local. O apoio chegou a ser solicitado para averiguação, porém, os homens dispararam contra a guarita e o sentinela revidou.

+ Leia mais: Carro capota na Linha Verde e motorista ‘some’ após acidente

O Departamento Penitenciário do Paraná (Depen) confirmou que houve a ação. A Polícia Militar (PM) informou que houve o revide de tiros somente após a guarita ser alvejada, quando o sentinela percebeu as silhuetas dos suspeitos por entre os tapumes. Até a manhã deste domingo, não havia sido registrada no sistema da PM a identificação do suspeito que veio a óbito. Já o segundo homem conseguiu fugir.

+ Leia também: Adolescente morre ao ser atropelado em rua movimentada de Curitiba

Também não havia outros detalhes da ação dos suspeitos, apenas que um deles morreu baleado e que a PM teria encontrado uma sacola com celulares onde estava a dupla. A arma do suspeito não teria sido encontrada, sendo que a hipótese para explicar esse fato é o segundo suspeito ter levado a arma durante a fuga. O caso será investigado. O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para recolher o corpo do suspeito morreu.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Delegado atira contra bombeiro no Centro, após mandar oficial correr