Mais de 300 quilos de maconha apreendidos e um homem de 31 anos preso em flagrante. Esse foi o resultado da ação realizada pela Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) na BR-277 durante a
manhã desta segunda-feira (26). Os entorpecentes foram encontrados em um carro no município de Campo Largo, Região Metropolitana de Curitiba (RMC), e foram avaliados em R$ 300 mil.

Segundo a delegada da Denarc, Camila Cecconello, a equipe recebeu informações de que um carregamento de drogas chegaria em Curitiba para ser distribuído aos traficantes locais. “Então, fizemos uma barreira policial na BR e abordamos um Fiesta prata com placa de São Paulo”, informou.

Durante a abordagem policial, o suspeito tentou abandonar o veículo, mas foi localizado e detido. “O investigado não obedeceu a ordem de parada e iniciamos uma perseguição, chegando a emparelhar os carros. Foi então que o homem saiu do carro e tentou fugir por um barranco nas proximidades da rodovia, mas o seguimos e ele foi preso”, disse.

O homem foi identificado como Rafael Arnaldo Toldo e levava 303 quilos de maconha no porta-malas. “Ele não tem antecedentes criminais, disse que é de Santa Catarina e estava procurando emprego. Só que precisava de dinheiro e pegou a droga na cidade de Marechal Cândido Rondon com destino até Curitiba para receber o valor de R$ 5 mil pelo transporte”, contou a delegada.

Ele foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e aguarda preso à disposição da Justiça.

Códigos nas embalagens

Entre os entorpecentes apreendidos estão diversas embalagens com letras e números. Segundo Camilla, essas iniciais mostram a qualidade da droga, que apresenta preços diferenciados no mercado negro, e também qual traficante a receberia. As investigações continuam.