Policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam, nesta semana, Adriano Recetto, de 38 anos. Ele é apontado como autor da morte de vítima Vinicius Portugal Vosniak, 34, em 2009, no bairro Capão Raso, em Curitiba. Adriano foi condenado a oito anos de prisão em regime fechado.

A prisão aconteceu dentro do Palácio da Justiça, no Centro Cívico, depois do julgamento. As investigações apuraram que Vinicius era chefe de Adriano Recetto e que o motivo foi um desentendimento por causa do pagamento de um carro.

Conforme apurou a DHPP, Adriano teria comprado um Corsa de Vinicius e teria dado somente o sinal, sem pagar o restante das parcelas. O crime aconteceu dentro do veículo vendido e depois o corpo foi jogado em um rio em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC).

Adriano Recetto respondia ao processo em liberdade. Ele agora foi encaminhado ao Sistema Penitenciário, onde vai cumprir a pena de reclusão em regime fechado.