Um homem de 57 anos morreu carbonizado em um incêndio que queimou parcialmente a casa de alvenaria e madeira em que ele morava na Rua Oliverio Alves dos Santos, em Quatro Barras, na Região Metropolitana de Curitiba. O fogo, que começou por volta das 8h30 deste sábado, foi contido pelos bombeiros da Defesa Civil, antes que atingisse outras residências próximas. Vizinhos relatam que chegaram a ouvir os gritos de socorro da vítima.

+ Leia mais: Veja como foram os bastidores da apelação de Carli Filho

O homem foi encontrado carbonizado no quarto, sobre a cama. Segundo a Guarda Municipal, responsável pelo atendimento da ocorrência, a vítima trabalhava como chacreiro em Antonina, no Litoral do estado, mas estava morando de aluguel na casa que pegou fogo há uma semana. Ele dividia o espaço com uma companheira.

No local da ocorrência, familiares da vítima e vizinhos relataram que o casal costumava discutir bastante e, na manhã deste sábado, por volta das 7h30, a companheira teria deixado a residência dizendo que não voltaria mais. O fogo teria começado uma hora depois dela sair.

Rua onde a casa pegou fogo foi bloqueada, para facilitar o trabalho das equipes de emergência. Foto: Lineu Filho
Rua onde a casa pegou fogo foi bloqueada, para facilitar o trabalho das equipes de emergência. Foto: Lineu Filho

O capitão Flávio Machado, do Corpo de Bombeiros, disse que a residência tinha dois cômodos e que ambos foram atingidos pelas chamas. “Há um aglomerado de casas no terreno. Além da residência onde estava a vítima, uma casa vizinha também foi atingida. O motivo do incêndio ainda será investigado”, explicou.

+ Leia mais: Suspeitos de roubar e matar vizinho com marretadas são presos na Grande Curitiba

Por volta das 10h20 deste sábado, a família da vítima ainda aguardava a chegada da criminalística. O corpo será encaminhado ao Instituo Médico-Legal de Curitiba (IML).

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Ouça! Policial dá conselho a Brittes logo após a morte do jogador Daniel