Um dia depois da fuga no Complexo Penitenciário de Piraquara, nove detentos fugiram da Delegacia de Telêmaco Borba, na região dos Campos Gerais. A ação aconteceu na madrugada desta segunda-feira (16), quando homens fortemente armados explodiram a porta de entrada, invadiram o local e arrebentaram os cadeados das celas.

De acordo com a Polícia Civil do município, o resgate aconteceu 1h20 da manhã e durou apenas cinco minutos. “Os homens que invadiram a delegacia entraram atirando com fuzis, pistolas e espingardas calibre 12. Eles foram direto nos presos que queriam resgatar, mas também arrebentaram outros cadeados de detentos que não saíram daqui. Se todos tivessem aceitado fugir, teria sido uma fuga em massa”, informou.

No momento da ação, a delegacia abrigava 230 prisioneiros e a equipe responsável por eles era muito pequena. “Não podemos confirmar a quantidade de agentes, mas realmente falta efetivo e apoio tático porque, quando a Polícia Civil e Militar chegou aqui, os nove já estavam longe”, contou um colaborador que preferiu não se identificar.

Várias diligências foram realizadas pela região durante a madrugada e também na manhã de hoje, mas até agora nenhum dos fugitivos foi encontrado. Entre os foragidos estão diversos assaltantes de banco e também alguns presos por homicídio.

Lista de foragidos:

José Fernando Rodrigues de Oliveira
Ronaldo Pereira da Luz
Bruno Matheus dos Santos
Bruno Ricardo dos Santos
Mário José da Cunha
Nalde de Jesus Pedroso de França
Elcio Amador dos Santos
Elizeu Pereira Pedro
Wilson Francisco Custódio Gomes

(De cima para baixo, da esquerda para a direita)
(De cima para baixo, da esquerda para a direita) Ronaldo Pereira da Luz, Bruno Matheus dos Santos, Elizeu Pereira Pedro, José Fernando Rodrigues de Oliveira, Nalde de Jesus Pedroso de França, Bruno Ricardo dos Santos, Wilson Francisco Custódio Gomes, Mario Jose da Cunha e Elcio Amador dos Santos. Foto: Polícia Civil.