Uma moça de 20 anos foi presa em flagrante na noite da última segunda-feira tentando transportar 25 quilos de maconha em um ônibus de viagem que seguia para São Paulo. A jovem saiu da rodoviária de Curitiba por volta das 20h30 e “caiu” em Campina Grande do Sul, na região metropolitana, durante uma fiscalização de rotina realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

De acordo com o policial Woczikosky, que participou da apreensão, a moça estava muito nervosa e isso chamou a atenção da equipe. “Decidimos vistoriar a bagagem dela e encontramos parte da droga na bagagem de mão junto com artigos pessoais e o restante em um fundo falso da mala de viagem da jovem”, disse.

Ainda segundo ele, a mala estava repleta de roupas e, em um primeiro momento, não era possível visualizar os entorpecentes. “Só que a bagagem estava muito pesada para transportar somente roupas, então abrimos o zíper que escondia a parte do forro da mala e acabamos constatando o que já desconfiávamos”.

Foto: Divulgação/PRF.
Foto: Divulgação/PRF.

Outro detalhe que chamou a atenção dos policiais foi o celular da jovem, que não parava de receber mensagens dos responsáveis pelo transporte. Nelas, a pessoa solicitava que a garota passasse o endereço da delegacia para que o grupo lhe enviasse um advogado e que ela apagasse o contato do celular para não deixar vestígios.

Desespero

Ao ser presa, a moça contou que mora em Foz do Iguaçu, tem um bebê de cinco meses que ficou com uma amiga e estava desesperada porque não tinha dinheiro para cuidar da criança. Por isso, aceitou R$ 5 mil para realizar o transporte dos produtos de Foz até São Paulo. “Ela chegou em Curitiba na segunda-feira pela manhã e à noite viajou para São Paulo, onde alguém a encontraria para retirar a mercadoria”, informou o policial.

Prisão

Agora, a moça responderá por tráfico de drogas e pode pegar de cinco a 15 anos de reclusão. Ela permanece na carceragem provisória da Delegacia de Campina Grande do Sul à disposição da Justiça.