A tentativa de reproduzir a história de um filme hollywoodiano deu errado para cinco adolescentes de classe média de Curitiba na tarde de domingo (20). O grupo, de três meninos e duas meninas, todos menores de 18 anos, acabou na delegacia após furtar dezenas de objetos em quatro lojas de um shopping.

À polícia, eles justificaram que o furto era só por diversão e foi planejado para imitar a história do do filme The Bling Ring: a gangue de Hollywood – obra baseada em fatos reais e cuja história gira em torno de uma gangue de jovens ricos que causou prejuízo de 3 milhões de dólares invadindo casas de personalidades no famoso bairro de Los Angeles.

Os jovens foram flagrados pelo circuito interno de câmeras das lojas. Os próprios seguranças do shopping fizeram a primeira abordagem e depois acionaram uma equipe da Guarda Municipal que fazia ronda próximo à estação-tubo na Praça Eufrásio Correia.

Os adolescentes foram levados para a Delegacia do Adolescente. Conforme a Polícia Civil, os jovens roubaram produtos de lojas de departamentos, cosméticos, de roupas e também um estabelecimento de materiais de papelaria e escritório – a única das quatro que decidiu registrar Boletim de Ocorrência.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias de hoje sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Ainda na delegacia, os jovens confirmaram terem cometido o crime só por diversão e relataram o paralelo com o filme, do qual participa a premiada atriz Emma Watson, a Hermione Granger da série Harry Potter. Os pais foram chamados pela polícia e chegaram a se surpreender com os relatos, já que os jovens tinham condições de comprar os objetos que furtaram. Na Delegacia do Adolescente, os pais assinaram termo circunstanciado e os adolescentes foram liberados.

História real

O filme The Bling Ring: a gangue de Hollywood foi lançado em 2013 e é baseado na história real de cinco jovens – quatro garotas e um menino – que, ao final das contas, também se dão mal.

Escrito e dirigido por Sofia Copola, a obra conta como s jovens conseguiram invadir e roubar centenas de pertences de casas de personalidades famosas entre 2008 e 2009. A maioria das invasões ocorriam em festas oferecidas pelas próprios donos das casas.

Estima-se que o bando tenha conseguido roubar em roupas, sapatos e joias o equivalente a 3 milhões e dólares. A maior das vítimas foi a socialite Paris Hilton – que representa a si mesma no filme -, mas também houve outras vítimas famosas, como o ator Orlando Bloom e Lindsay Lohan.

Morre adolescente baleado ao lado do pai, em bairro nobre de Curitiba